2 de setembro de 2016

DIRETO DOS ANOS 90: PATCHES


A cada ano que passa as tendências ressurgem das cinzas como uma fênix, muito mais fortes e ainda mais bonitas! 
Não está sendo diferente com os patches, que já são tendência desde o início do inverno. 
E eu me lembro muito bem de quando essas aplicações eram moda antigamente, apesar de que eu era pequena minha memória não falha quando algo chama a minha atenção!
Assim que eu vi essa tendência voltando eu fiquei muito feliz e empolgada para ter um jeans cheio de patches, mas infelizmente não foi nada fácil encontrar patches aqui na minha cidade e muito menos jeans já customizados para vender.
Quando viajei para visitar a minha mãe encontrei alguns modelos termo colantes super bonitinhos. Mas eu queria mais! Queria um jeans cheio de aplicações que combinassem comigo e com as coisas que eu gosto. Então, o que eu fiz?
Criei os meus próprios patches!
Eu já havia visto vários tutoriais na internet ensinando a customizar patches, mas foi uma amiga que me indicou essa forma de fazê-los que eu ainda não conhecia.

Fiz os patches utilizando papel transfer, que para quem não sabe é o mesmo papel que é utilizado para estampar camisetas.
Achei que ia ser difícil encontrar esse papel para vender avulso, mas logo na segunda papelaria que entrei eu encontrei o papel por R$8,00 cada folha.
Na minha primeira tentativa de fazer a impressão, deu tudo errado e eu conto no vídeo abaixo mais detalhes sobre o que você NÃO DEVE fazer com seu papel transfer. Que fique de alerta para que você não cometa os mesmos erros que eu!
Se você quiser saber também como foi todo o processo de customização e criação dos meus patches, também vai encontrar tudo explicadinho no vídeo abaixo:



Depois de ter criado os meus patches, o que eu fiz? Fui correndo customizar uma jaqueta velha que eu tinha no guarda roupa. 
Eu fiz uma transformação completa, a jaqueta era branquinha e tingi com uma tinta azul marinho. Eu queria um jeans mais surrado bem estilo anos 90, sabe? Tentei fazer o desbotamento com água sanitária mas não deu muito certo, então decidi continuar com a jaqueta naquele tom super escuro e eu simplesmente me apaixonei pelo resultado final depois de fazer a aplicação dos patches!
Nesse vídeo você vê como foi todo o processo de customização e transformação da jaqueta:

O que mais me deixou feliz com todo esse processo foi que por mais que eu buscasse inspirações em sites, pinterest, tumblr, eu criei algo totalmente do meu jeitinho.
Os patches têm significado para mim, uma jaqueta azul escuro assim customizada é super difícil de ser encontrada por aí. Então sempre que visto ela eu me sinto muito feliz e original! É uma sensação muito legal!
Ainda sobraram muitos patches aqui e em breve vou customizar outros modelos de jeans, estou a-m-a-n-d-o.

E você, está esperado o que pra dar uma cara nova para aquele seu jeans que está esquecido aí no guarda roupa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário